Dr. Lísias Nogueira Castilho - Urologista | Fone: (19)32540225 / 3112-4600

Dra. Silvia Diez Castilho - Pediatra | Fone: (19)25136091

Artigos

Cresce a obesidade no Brasil

obesidade-x

Dados da mais recente pesquisa da Vigitel, do Ministério da Saúde, publicados recentemente, mostram que entre 2006 e 2016, o número de brasileiros com 18 anos de idade ou mais, que apresentam sobrepeso (sobrepeso, obesidade e obesidade mórbida), passou de 42,6% para 53,8%. Isso representa um aumento de 26,3% em apenas dez anos. Pior ainda, o percentual de obesos, nessa mesma população (obesos e obesos mórbidos) cresceu 60% no mesmo período, passando de 11,8% para 18,9%. Paralelamente, o número de crianças com sobrepeso e obesidade também cresceu, o que foi objeto de estudos de outra pesquisa. Há cerca de 30% de crianças com excesso de peso no país.

O aumento do sobrepeso coloca o Brasil entre os cinco países com mais obesos no mundo e aponta para um futuro sombrio. Isso porque a obesidade não caminha sozinha. A mesma publicação da Vigitel mostra que o número de hipertensos e de diabéticos cresceu paralelamente. Na capital de São Paulo, foram encontrados 10% de diabéticos e 25,9% de hipertensos, dados que superam um pouco a média nacional.

As causas desses crescimentos são principalmente a indisciplina na alimentação (alimentos processados, refrigerantes, excesso de doces e de bebidas alcoólicas) e o sedentarismo. Outras causas são o aumento da depressão e da ansiedade, que levam a mais erros alimentares e ao sedentarismo.

Outros problemas associados ao sobrepeso são a artrose, as dores de coluna, a baixa autoestima, dificuldades afetivas e sexuais, redução da produtividade no trabalho e diversas formas de câncer, notadamente câncer de mama, pâncreas, próstata, rim e cólon.

A obesidade é um problema, antes de tudo, mental. Tem que ser tratada por diferentes profissionais – nutricionista, endocrinologista, psicanalista e preparador físico. Mesmo assim, os resultados são frustrantes na maioria dos casos porque a mudança da mente é a mais resistente de todas as mudanças.

Imprimir Email

0
0
0
s2sdefault