Dr. Lísias Nogueira Castilho - Urologista | Fone: (19)32540225 / 3112-4600

Dra. Silvia Diez Castilho - Pediatra | Fone: (19)25136091

Artigos

O problema da obesidade tem conserto?

O sucesso do Japão, além de fatores culturais milenares, depende, em grande parte, de duas leis nacionais – uma voltada para as crianças e, a outra, para os adultos. A lei Shuku Iku, que contempla as crianças, vigente desde 2005, estabelece que todas as escolas ensinem aos seus alunos os valores nutricionais e culturais da boa alimentação, além de preparar e repartir os alimentos de qualidade nas suas escolas. Não há lanchonetes nem máquinas de comida para as crianças japonesas nas escolas. Toda a dieta é orientada por nutricionistas profissionais, que também participam da educação das crianças.

A lei Metabo, para os adultos, estimula adultos entre 40 e 75 anos de idade a fazerem a medição anual de suas circunferências abdominais, além de orientar e promover exercícios físicos regulares em seus horários de folga e orientação dietética. A circunferência abdominal masculina, medida com fita métrica, facilmente, deve estar igual ou menor do que de 94 cm, segundo a Organização Mundial da Saúde, e a da mulher, igual ou menor do que 80 cm. Esse importante indicador, serve para avaliar o risco cardiovascular, e vale tanto ou mais do que qualquer check-up exaustivo. Os japoneses têm investido nisso.

Se o Japão conseguiu reduzir a obesidade de seu povo, com investimento do Estado e muita paciência, podemos conseguir também.

Imprimir Email

0
0
0
s2sdefault